Post de apresentação

Bem vindos ao blog! Eu o criei para conseguir um meio de reunir todas as notícias e experiências que eu e outros participantes vivenciaram durante a participação no Torneio Internacional de Jovens Físicos (IYPT). As coisas que pretendo postar aqui são: arquivos oficiais (de sites oficiais, perceba que este site não tem qualquer conexão que seja com a organização do torneio nacional ou internacional) ; sites que possuam conteúdo relacionado a fotos, arquivos, solução, entre outros, de torneios anteriores; relatos de experiências; dicas etc. Para aqueles que nunca ouviram falar do International Young Physicists’ Tournament (IYPT), aqui vai um breve resumo.

O IYPT é uma competição para alunos de Ensino Médio sediada a cada ano em um país diferente por volta do mês de julho. Todo ano, o comitê internacional (com pelo menos um representante de cada país participante) se reúne no fim do torneio para escolher os 17 problemas que vão ser desenvolvidos por alunos (lê-se: loucos haha) durante o ano seguinte. Esses problemas têm natureza investigativa e nenhum caminho correto para solução. Eles são completamente abertos (!) e devem ser resolvidos teórica e experimentalmente de acordo com o escopo que cada um dá a cada problema num período de quase um ano. A competição se dá em apresentações realizadas pelos times participantes (um grupo de cinco estudantes para cada país) e se desenrola por meio de discussões entre diferentes times em sessões (que duram horas…) chamadas Physics Fights (PFs). Em cada discussão, há 3 ou 4 times que desempenham papel de relator (apresenta a solução), oponente (questiona o relator apontando principalmente suas falhas, mas também os pontos positivos) e avaliador (questiona ambas as equipes e apresenta sua avaliação da discussão). Em PFs com 4 equipes, há um time observador, que não desempenha papel ativo em determinada rodada. Vale lembrar também que após cada rodada, uma bancada de jurados atribui notas a cada time referente a seus respectivos desempenhos. Ao longo do PF, os times trocam de papel a cada rodada até que todos desempenhem os três papéis principais.

Cada país tem sua forma de selecionar seu próprio time. O Brasil voltou a fazer essa seleção, depois de quase quatro anos de ausência, por meio do IYPT Brasil em 2010, sendo o time de 2011 o primeiro a ser levado para fora pela nova organização. Alunos de ensino médio de todo o país podem se inscrever em grupos de 3 a 5 alunos e devem enviar cinco relatórios dentre os 17 problemas para que os melhores times sejam selecionados para a fase nacional. Essa fase ocorre em São Paulo durante um fim de semana de intensa discussão entre as equipes e é baseada no regulamento internacional, começando na noite de sexta-feira com a cerimônia de abertura e terminando com um PF final e uma cerimônia de encerramento no domingo. Um representante de cada uma das cinco melhores equipes é convidado a participar do time brasileiro na edição internacional do respectivo ano.

Bem, esse é um resumo do torneio, porém ele é cheio de outras minuncias e detalhes que podem ser encontradas no site das fases nacional e internacional.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s