The IYPT medal

Há 6 anos o Brasil não trazia medalha para casa. Há 7, não ficávamos no top 10. Nunca tínhamos deixado 18 países para trás incluindo tradicionalíssimos campeões e medalhistas dos anos anteriores. Aparentemente, ficamos pela primeira vez na história do país no torneio na faixa da premiação da prata por algumas rodadas, tiramos nosso primeiro 10 (com a apresentação do magnet and coin da Bárbara), alguns 8’s e 9’s também. Afinal de contas, esse foi o maior IYPT da história, 28 países participantes e nada disso deve ser esquecido.

Todos já sabem, mas não custa lembrar… O Brasil já tinha participado no IYPT de 2004 a 2007 sob outra organização. Durante esse período, conseguimos dois bronzes (e esses times passados também foram bem importantes, como todas as delegações passadas foram :)). Depois disso, o IYPT Brasil voltou a ser organizado em 2010 (espécie de edição “beta”) e, em 2011, a primeira seleção brasileira sob a organização da B8 foi feita. Então, o Brasil voltou a participar no ano passado, na edição do Irã. Devido a alguns problemas sobre os quais não vale a pena fazer comentários, não conseguimos uma medalha por lá. Enfim, um ano se passou, uma nova equipe foi formada, alguns problemas foram corrigidos e cá estamos nós, podendo comemorar a volta do Brasil à lista de medalhistas no IYPT :D. É realmente muito bom poder fazer parte disso. E, como diria o Thiagão: “Agora é o bonde sem freio do Brasil”. Ninguém segura a gente mais, o pontapé inicial já foi dado, não voltaremos sem medalha nas próximas edições provavelmente.

Tudo bem, ficamos meio bravos com o resultado, tanto com o nosso quanto com o da final, depois eu vou escrever mais sobre isso quando for tratar de cada uma das rodadas de fights separadamente. Mas, por enquanto, quem quiser pode ler um post que a Liara fez no Vida de Olímpico, que esclarece bastante coisa…

Enfim, ainda postarei mais sobre a cerimônia de encerramento, nossa comemoração, incluindo o coquetel em que tivemos mais oportunidades de conversar com os outros times depois da premiação e bla bla bla. Este post é especial para falar sobre a medalha (que é linda *-*, parabéns aos designers).

O que essa medalha tem de tão especial? Muita coisa! Porém, visualmente, ela já chama atenção pelo seguinte motivo: os versos das nossas medalhas todas juntas formam um padrão, mais especificamente, o desenho do sistema solar tal qual ele estava no exato momento em que elas nos foram entregues. É interessante como cada medalha é única, só que é ainda mais especial quando todas estão juntas, assim como cada time deve ser no IYPT, como o nosso time era (ou ainda é): cada um tinha um talento especial, mas éramos completos na presença dos cinco.

Medalhas juntas (parte de trás) – sistema solar no momento da premiação.

O desenho das medalhas de prata era algo que lembrava simulações de computadores. Já a respeito das medalhas de ouro, que foram entregues separadamente, juntando não só de um time, mas sim dos três times finalistas, tem-se o desenho de uma colisão de prótons, para lembrar do Bóson de Higgs. Cada um desses desenhos tem um significado especial, que foi explicado durante a premiação, o que pode ser visto no vídeo abaixo (infelizmente eu não tinha vídeos dos seguintes países recebendo as medalhas: Irã, Áustria e Singapura).

Independente de qualquer coisa, ficamos muito felizes com o resultado e, claro, tiramos muitas fotos com a medalha, mas muitas mesmo… Gritando “Brasil!”, mordendo as medalhas, com outros times (essas serão pra outro post), me segurando (só porque eu sou pequena? u.u), delegação inteira (incluindo guia), das medalhas sendo separadas e escolhidas etc etc etc. Era felicidade demais pra um time só, acho que as pessoas estavam achando a gente esquisito demais… mas quem liga?! haha. Acho, ou melhor, tenho certeza, que a premiação e o coquetel de encerramento juntos foram um dos dois pontos de pico máximo de felicidade que eu tive durante o torneio (o outro foi na terceira rodada de PFs), por motivos variados, entre os quais certamente está a medalha :).

Pra provar o nosso estado depois da premiação, podem até ver o vídeo da nossa chegada épica no campus dos alojamentos após o encerramento:

Enfim, algumas fotos da medalha estão abaixo. Mais algumas virão quando eu for falar sobre a cerimônia de encerramento e assuntos afins.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s